Endermologia: tratamento para a celulite

Conhece o Peeling Ultrasônico?
11 de Abril de 2016
Conheça a Carboxiterapia: combate estria, celulite e gordura localizada
25 de Abril de 2016
Mostrar todos

Endermologia: tratamento para a celulite

O que é a endermologia?

A endermologia é uma massagem profunda obtida a partir da associação de vácuo (também chamado de pressão negativa), gerado por uma bomba, com manobras de massagem feitas com a técnica de “palpação e rolamento”, propiciada por ventosas ou cabeçotes adequados.  A técnica surgiu na França entre as décadas de 1970 e 1980, com aparelhos tecnicamente inferiores aos que existem hoje, e chegou ao Brasil há pelo menos 20 anos. Hoje existem vários modelos e marcas de aparelhos que fazem a endermologia.

Como é feita a endermologia?

“O aparelho massageia o corpo por meio de sucção”, explica a dermatologista Geana Lima, especialista em medicina estética. “Ele é composto por dois rolinhos que, ao deslizar sobre a pele, melhoram a circulação local e ajudam na eliminação de toxinas”. É massageado todo o corpo – braços, pernas e barriga – sobre o trajeto dos vasos linfáticos, no sentido do gânglio linfático. Nas pernas, os movimentos são ascendentes: da perna até a fossa poplítea (parte posterior do joelho), da coxa até a virilha. Na barriga o movimento deve ser feito em direção à virilha e nos braços em direção às axilas.

Ação da endermologia

A endermologia age ativando o sistema linfático, a partir da drenagem dos líquidos feita pelo aparelho, e estimulando o tecido conjuntivo – o colágeno, que fica localizado na derme, a camada mais profunda da pele – a produzir fibroblastos, células que ajudam a dar o aspecto de firmeza à pele. Há também atuação sobre o tecido adiposo: “a endermologia consegue quebrar algumas células de gordura em processo de envelhecimento”, explica a dermatologista Ursula Metelmann, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia. A endermologia faz ainda uma esfoliação que elimina as células mortas e devolve à pele o seu brilho natural.

Quem pode aplicar a endermologia

Geralmente a endermologia é aplicada por esteticista com formação técnica ou fisioterapeutas. Como este não é um tratamento estritamente médico, muitas vezes os pacientes não passam por consulta médica. No entanto, a dermatologista Ursula explica que o médico dermatologista pode determinar o grau de celulite e indicar o melhor tratamento para o caso com mais precisão.

Complicações da endermologia

Geralmente, o procedimento não gera dor, no entanto, em casos em que a celulite é mais grave, pode não haver circulação local adequada, e, consequentemente, uma sensação dolorosa. Além disso, podem surguir hematomas, sausados pela massagem profunda. Nesse caso, deve ser evitada a exposição ao sol, que pode causar manchas.O problema regride espontâneamente.

Fontes
Dermatologista Geana Lima (CRM: 99005), dermatologista especializada em medicina estética
Dermatologista Ursula Metelmann (CRM: 92449), membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia
Dermatologista Abdo Salomão (CRM: 36939), membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia